sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Uma referência ao meu blogue Pela Positiva

Publicado no Correio do Vouga 
em 3 de abril de 2006



Blog do anterior director do Correio do Vouga “O meu propósito, neste espaço, situa-se na linha dos que apostam, no dia-a-dia, num mundo muito melhor” afirma Fernando Martins
Os blogues foram das melhores coisas que aconteceram à e na Internet. Muito mais interessantes que a maioria dos sites (ou sítios), muito mais fáceis de actualizar, muito mais virados para o interesse dos leitores e dos autores, muito mais actuais, criativos e úteis.
O Correio do Vouga começa hoje a divulgar alguns, e nada melhor para começar do que o blog Pela Positiva, de Fernando Martins, o anterior director deste jornal.
Mas antes, para quem não é iniciado nestas lides, convém informar que um blog é uma espécie de diário na Internet, que todos os dias (ou quase) o autor utiliza, pois o modo como se constrói e mantém o blog é atraente e fácil. Há blogues políticos, culturais, religiosos ou amorosos, individuais ou colectivos, de palavras e de imagens, mais ou menos artísticos, introspectivos ou interventivos, fechados ou abertos (quando o leitor pode comentar), etc.
A origem do nome blog reside nas palavras inglesas web log (que poderíamos traduzir como “notas na teia”, isto é, na Internet), embora alguns prefiram dizer que vem de we blog (nós “blogamos”).

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Modelismo Náutico no Centro Cultural

João Loureiro e Paulo Agra

"Se nos abrissem o peito, 
encontrariam lá dentro 
um barquinho à vela"

D. João Evangelista

Diz D. João Evangelista de Lima Vidal, primeiro bispo da restaurada Diocese de Aveiro, de forma poética mas cheia de verdade, que «somos feitos, dos pés à cabeça, de Ria, de barcos, de remos, de redes, de velas, de montinhos de sal e areia, até de naufrágios. Se nos abrissem o peito, encontrariam lá dentro um barquinho à vela, ou então uma boia ou uma fateixa, ou então a Senhora dos Navegantes». É por isso que nós, os da beira ria, gostamos tanto de barcos e barquinhos, da ria serena e das ondas do nosso mar, que nos embalam desde que nascemos. Também por isso, não perdemos exposições relacionadas com temas lagunares e marítimos. 
No Centro Cultural da Gafanha da Nazaré está patente, até 31 de dezembro, uma exposição com modelos de navios e outras embarcações, organizada pela associação TEAM (Truques & Engenhocas Associação de Modelismo), com sede na nossa cidade.
Logo à entrada, o visitante depara-se com o primeiro Prémio de Modelismo, atribuído por um júri, cujo vencedor foi João Loureiro, com o modelo Gazela Primeiro. E até ao fim da exposição, os visitantes terão oportunidade de votar no modelo da sua preferência, fundamentalmente para se saber se há empatia com a decisão do júri.

A BARCA DA PONTE DA CAMBEIA VAI FICAR NO CAIS

Os que mais amo na vida: Lita, João, Aida, Fernando e Pedro  A Barca da Ponte da Cambeia vai ficar no cais. O homem do leme, que eu fu...